Quem somos

QUEM SOMOS

 

Fundado em 2002 pelo maestro e percussionista Ricardo Bologna, o Percorso Ensemble é um núcleo independente, constituído a partir do desejo de seus integrantes de estimular a criação de novas obras e promover repertórios do século XX e XXI. Apoiado em seu comprometimento com o futuro da música contemporânea, o núcleo passou a realizar concertos “crossover” com inspiração na música popular e no jazz, assim como espetáculos em diálogo com outras formas artísticas como a dança, o teatro e as artes plásticas, bem como apresentações de caráter didático e infantil, com intuito de despertar maior envolvimento com a música de concerto atual.

Fez seus primeiros concertos em 2002 e, desde então, destaca-se no cenário musical contemporâneo, com feitos como a estreia de Pulsares do compositor Flo Menezes (2003), a participação no Festival de Música de Câmara de Tatuí, no Teatro Popular do SESI e, como grupo solista, ao lado da Orquestra Sinfonia Cultura. Atuou da I Mostra de Música Cênica do Sesc Ipiranga (2005), e em concertos em torno da obra minimalista de Steve Reich (Sesc Vila Mariana e Sesi Avenida Paulista). Em 2009, dentro das comemorações do Ano da França no Brasil, o grupo se apresentou no Sesc São José dos Campos, com obras do repertório impressionista, além de tocar com o percussionista francês Florent Jodelet, no Sesc Santana. Mais recentemente, realizou três espetáculos com a São Paulo Companhia de Dança (SPCD), estreando a coreografia The Seasons de Édouard Lock, que incluiu encomenda de obra inédita a Gavin Bryars (Reino Unido).

Gravou os CDs Berio+ pelo Selo Sesc com obras de Luciano Berio, Arrigo Barnabé e Eduardo Álvares (2007),  Música Plural, um CD duplo com obras de jovens compositores brasileiros, patrocinado pela Petrobras (2008), além de Ligeti+ (2013), também pelo Selo Sesc, com obras de György Ligeti, incluindo a primeira gravação brasileira do Concerto de Câmara e a encomenda de obras inéditas a dois compositores brasileiros que dialogam com Ligeti: Marcus Siqueira e Cláudio de Freitas.

Ao longo de sua existência, participou de primeiras audições nacionais de importantes obras do repertório dos séculos XX e XXI (Xenakis, Matalon, Markeas, Ligeti, Holliger, entre outros), assim como primeiras audições mundiais de diversos compositores brasileiros, como Eduardo Álvares, Michele Agnes, Sergio Grossmann e Felipe Lara, Riederer, entre outros.

Em 2017, em comemoração a seus 15 anos de existência, o Percorso realizou concertos com o maestro e compositor suíço William Blank, cujo repertório incluiu obras brasileiras e internacionais. Nesse mesmo ano, o grupo foi vencedor do “Grande Prêmio” da Revista Concerto, na categoria votação popular.

Conheça os integrantes
TO PO
X